Centro histórico de Santa Cruz de La Palma

Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma
Centro histórico de Santa Cruz de La Palma + Centros históricos de La Palma

Porto antigo, templos religiosos e varandas de madeira lavrada

No leste da ilha de La Palma, Santa Cruz – a sua capital – é uma cidade de grande acervo histórico. Fundada em 3 de maio de 1493 pelo alto dignatário Alonso Fernández de Lugo, foi porto importante na rota entre a Europa e as colónias na América. No século XVI ao converter-se no terceiro porto da Europa depois de Antuérpia e Sevilha viveu uma época de grande esplendor. A cidade possui um conjunto histórico-artístico relevante no qual se incluem templos com abundante arte religiosa flamenga e uma singular série de varandas de madeira lavrada viradas para o mar.

Ruas calcetadas entre retábulos flamengos, museu insular e teatros

Como sede do primeiro tribunal das Índias, Santa Cruz de La Palma, assistiu à passagem das muitas das riquezas que os espanhóis trouxeram das suas colónias na América. Entre ruas empedradas, a cidade conserva um amplo património arquitetónico caraterizado por grandes casas senhoriais de estilo colonial. Esta tranquila localidade possui ainda lugares de interesse cultural como o Museo Histórico Insular (Museu Histórico Insular), com uma notável coleção de arte e pintura, assim como os teatros Chico e Circo de Marte.

Isla La Palma

Sim, Conjunto Histórico

Sim, Conjunto Histórico

DISCOVER