Ilhota de Lobos

Ir de barco até à ilha dos lobos-marinhos
Uma excursão de um dia à ilhota de Lobos é garantia de tranquilidade reparadora, águas cristalinas e paisagens vulcânicas de grande beleza. Esta ilhota, que adquire o seu nome dos lobos-marinhos ou focas monge que viviam nas suas costas até não há muito tempo, tem apenas 4,5 quilómetros quadrados, 127 metros de altitude... e nem uma só estrada. Situada a 15 minutos de barco do extremo norte de Fuerteventura, os seus enormes valores paisagísticos e naturais valeram-lhe a declaração de Parque Natural.
Snorkel e caminhadas na ilhota de Lobos
Para chegar às suas costas de rocha vulcânica e brancas areias pode-se apanhar um pequeno ferry desde o porto de Corralejo, em Fuerteventura. Desde o convés do barco se distingue a claridade destas águas azuis turquesa, ideais para fazer snorkel, e intui-se a qualidade do peixe fresco que se serve no casario do Puertito de Lobos. Várias veredas permitem fazer excursões ao perfeito cone vulcânico da caldeira de La Montaña, à íntima praia de La Calera ou ao emblemático farol de Lobos.
Altura
25 m
Flora interest
Catering
Parking
Trekking routes
Recreation areas
Wildlife interest
Localidad
Islote de Lobos

TENERIFE

TENERIFE

GRAN CANARIA

GRAN CANARIA

FUERTEVENTURA

FUERTEVENTURA

LANZAROTE

LANZAROTE

LA GRACIOSA

LA GRACIOSA

LA GOMERA

LA GOMERA

LA PALMA

LA PALMA

EL HIERRO

EL HIERRO
Sustentabilidade
Sostenibilidad
- Nunca deixe resíduos de qualquer tipo no meio envolvente, incluindo pontas de cigarro. Os resíduos alimentares contribuem para a proliferação de roedores e gatos selvagens que constituem uma séria ameaça para a vida selvagem.
- Respeite os animais, não os incomode nem os alimente. Se vir algum animal ferido, pode contactar o número de emergência 112. Não arranque flores ou plantas.
- Não apanhe nem leve pedras ou qualquer outro elemento do meio ambiente. Também não o modifique empilhando as pedras para construir as infames "torres".
- Não caminhe em espaços não assinalados e respeite a sinalização dos trilhos. Sair dos caminhos assinalados causa danos ao meio ambiente e também pode ser perigoso para si e para aqueles que o acompanham.
- Não acenda fogos fora das zonas permitidas e tenha especial cuidado nos meses de verão.
- Tente não perturbar a tranquilidade do meio envolvente com ruído excessivo (música alta, gritos...).
4
10
262
10045