Mergulhar nos destroços do 'Telamón'

Bucear en el pecio ‘Telamón’, en Lanzarote
Bucear en el pecio ‘Telamón’, en Lanzarote
Bucear en el pecio ‘Telamón’, en Lanzarote
Bucear en el pecio ‘Telamón’, en Lanzarote
Bucear en el pecio ‘Telamón’, en Lanzarote

Imersão em barco semiafundado próximo do porto de Arrecife

O 'Telamón' é um dos poucos destroços semiafundados das Ilhas Canárias. Este barco, medindo 136 metros de fora a fora e originalmente batizado como 'Temple Hall', sofreu um rombo em 1981, fez escala no porto de Los Mármoles, em Arrecife (Lanzarote) e, por não poder salvar-se, foi levado até umas centenas de metros fora do porto, para que naufragasse. Aí, partiu-se em dois pedaços: um com 74 metros, que sobressai à superfície, e outro pequeno, que jaz a 18 metros de profundidade.

Imersão ideal para snorkeling e iniciação ao mergulho em destroços

Devido à sua localização, o fragmento maior é ideal para snorkeling e para a iniciação ao mergulho em destroços. Com efeito, há equipas de resgate que aí praticam. A menos de 100 metros a sul e a uma profundidade máxima de 18 metros, encontra-se o pedaço menor, a proa, onde há mais vida marinha: polvos camuflados, peixes-papagaio petiscando e lírios em patrulha. Os mergulhadores experientes e fotógrafos submarinos apreciarão os contrastes que a luz produz nas salas do navio.

Isla Lanzarote
Baixo

Baixo

12 - 16 m.

12 - 16 m.

A pé

A pé

DISCOVER