O CARNAVAL DOS

O CARNAVAL
DOS

CARNAVAIS

O carnaval das Ilhas Canárias é uma explosão de alegria, música e cor. As ruas pintam-se de festa. O ar impregna-se de diversão e por todos os recantos das ilhas as murgas (bandas), as multidões e os desfiles personificam com a sua paródia e fascínio uma das festas com mais tradição
Mas o que realmente distingue os carnavais das Canárias dos demais são as suas temperaturas agradáveis, apesar de ser inverno. Escolha o disfarce que mais lhe apeteça e não se preocupe com o frio, as suas noites amenas seguramente que o permitirão exibir.
/
GALAS
CHEIAS DE COR
CHEIAS DE COR
Um dos momentos mais esperados dos carnavais canários são as galas nas quais se elege a rainha da festa. Várias candidatas desfilam vestindo vistosos trajes de plumas e pedraria, que foram confecionando durante todo o ano e que podem chegar a pesar centenas de quilos. Todo um espetáculo de cor e brilho.
Outro dos eventos principais são os desfiles e as cavalgatas. Desfiles de disfarces, mascarados, bandas, carroças… uma gigantesca massa de cor e alegria a dançar ao ritmo do carnaval impregna as ruas das ilhas.
/
Para a rua
e para A MULTIDÃO!
O carnaval na rua e as multidões são uma das partes centrais dos carnavais, quando toda a gente vem para a rua ao ritmo da música com o único objetivo de se divertir e exibir o seu disfarce. Toda a gente é bem-vinda, é necessário apenas ter muita vontade de se divertir.
/
O TALENTO DAS
MURGAS
As murgas (bandas) são grupos de amigos cantando que dão um toque de inspiração e talento aos carnavais. Quando ouvir as suas composições entenderá por que razão os canários são conhecidos pelo seu grande sentido de humor. Um dos eventos mais divertidos são os concursos destes grupos, onde mostram toda a sua criatividade com canções de alto nível crítico e audácia.
Para todos
os estilos
As ilhas canárias são uma terra de contrastes, do mesmo modo que os seus carnavais. Cada ilha conta com os seus próprios eventos e celebrações, nos quais se pode ver desde uma drag queen coroando-se como rainha do carnaval até uma guerra de pó de talco.
/
El entierro de la
sardina
Eis que chega um dos momentos da festa menos desejado: o seu final. Uma das cerimónias mais características e peculiares na qual todos os ilhéus desfilam parodiando um funeral, e no qual se incinera uma sardinha no meio de espetáculo de fogos de artificio.